Tags Posts tagged with "viagem"

viagem

1 1130

Quando estávamos planejndo vir para o Canada havíamos decidido que Vancouver seria a cidade onde iríamos morar. Depois de muito pesquisar, vimos que Calgary seria melhor por diversos fatores. Vancouver é tentadora, afinal a cidade é conhecida por ter um clima bem agradável quando comparada à Calgary.

Como pesquisamos muito sobre Vancouver antes de vir, sempre tivemos a curiosidade de conhecer a cidade, o que nos levou a planejar uma viagem para lá no mês de Abril.

São mais de 10 horas de estrada entre Calgary e Vancouver. A paisagem é incrível e a estrada é tranquila, o que faz valer pegar a estrada <3

A viagem é longa, então no primeiro dia da viagem fizemos uma paradinha em Kamloops. Uma pequena e charmosa cidade localizada na província de British Columbia.

IMG_1314

[cincopa AwAASgMp0DiY]

IMG_1362

Quando chegamos em Kamlopps o sol já estava indo embora. Passeamos um pouco pelo centro da cidade e paramos para dar uma conferida no parque que fica à margem do Thompson River.

IMG_1388 IMG_1385

Já que estávamos lá e tínhamos pouco tempo para explorar, dirigimos pela cidade e fomos até o local mais alto que pudemos avistar. Essa foi a vista que tivemos lá de cima:

IMG_1392

Depois de um longo dia na estrada fomos para o hotel que havíamos reservado e para a nossa surpresa ocuparam o nosso quarto e nos encaminharam para o hotel que ficava ao lado. Aqui fica o registro do nome do hotel para aconselhar você a jamais ficar no Columbia Hotel de Kamloops! E jamais reservar um quarto no Knights Inn Kamloops (porque eles podem ocupar o teu quarto com outro hóspede e tu ficar a ver navios).  Como estávamos super cansados e passaríamos somente uma noite lá nem demos muita bola para a sujeira e a desorganização do lugar, mas vale destacar essa experiência ruim para que você jamais fique nesses hotéis caso você esteja planejando parar em Kamloops.

IMG_1433

Seguindo viagem rumo a Vancouver, essas foram algumas das fotos que tiramos no caminho entre Kamloops e Vancouver:

IMG_1446

IMG_1486-edit

Em Vancouver o dia estava cinza (Vacouver também é conhecica como Raincouver).

IMG_1504-edit

IMG_1530-edit

Tivemos a sorte de ver as Cherry Blossoms, árvores características da região que florecem somente uma ver por anoo! A cidade fica coberta por elas!Que coisa mais linda ;D

[cincopa AcGAliMb0LBh]

E o primeiro local que escolhemos para visitar foi o Stanley Park, o mais antigo e maior parque da cidade. São 400 hectaares de floresta com vistas panorâmicas, trilhas, praias, etc.

IMG_1534-edit

IMG_1566

Curtimos muito o passeio ao Slanley Park, mas falam tanto dele que esperávamos mais. Além disso, o dia estava nublado e chuvoso, o que não nos deixou muito animados nessa visita.

No entando, o Queen Elizabeth Park nos surpreendou e foi para onde fomos depois de conhecer o Stanley.  O Queen Elizabeth Park é um parque bem menor (com 52 hectares) , fica a 152 metros de altura do mar e a beleza desse parque é incrível! Do parque é possível ver a cidade e as montanhas.

IMG_1627

IMG_1669

IMG_1686

Outro local que visitamos e que é um das principais atrações de Vancouver é o Capilano  Suspension Bridge Park. Uma super dica de passeio para todas as idades! Como eles mesmo explicam no site do parque, há muitas coisas para ver e fazer por lá. Esse passeio é pago (cerca de $37 por pessoa) e vale cada centavo! Você pode ir para lá e reservar entre meio turno e um dia todo para curtir o parque. Além da Suspension Bridge, que é a atração principal do parque há ainda uma trilha sobre a Rain Forest e o Cliffwalk.

IMG_1736

IMG_1731

Depois de uma manhã inteira no parque pegamos o carro e fomos explorar West Vacouver. Acabamos parando no Lighthouse Park, um local que eu recomendo a visita sem dúvida alguma! Com uma roupa confortábel e tênis, pegue sua mochila, água e comida e se jogue nas trilhas desse parque! Vejam a recompensa inesperada que tivemos depois de uma trilha que fizemos a sós:

IMG_1903

E para finalizar a viagem passeamos pelas praias de North Vacouver.

IMG_1979

OOOO viagem boa para recuperar as energias <3

Eu amo esse Canada!

3 2527

No comecinho de janeiro decidimos passear. Escolhi o pior final de semana possível para o passeio. Desde o começo do inverno nenhum final de semana foi tão frio quanto o que escolhi para ir para uma região que é ainda mais fria do que a de Calgary ;D O hotel estava pago e não havia como voltar atrás. O carro foi reservado (sempre reservamos qualquer modelo economico, o que também nos reserva uma surpresa cada vez que vamos buscar o carro, dessa vez a surpresa foi um pequeno Fiat Cinquecento). Na última vez que locamos a surpresa foi um Jeep. Eu esperava que nos surpreendessem com algo maior novamente, mas não foi dessa vez. Apesar do tamanho, o carrinho 1.4 (batizado de Valente) superou nossas espectativas.

Com hotel e carro ok, partimos rumo as estradas de gelo em direção a Banff/Jasper. Primeiro fomos até Banff. Eu queria muito conhecer a tal da Gondola super comentada pelos turistas e mesmo com o tempo horrivel e com uma visão despriviligiada encaramos a Gondola. Valeu cada centavo mesmo com aquele tempo horrivel.trip-banff-canadabanff-gondola-albertabanff-gondolabanff-gondola-canada De Banff à Jasper são cerca de 5 horas de viagem que se transformaram em mais de 6. A estrada era desafiadora, mas linda. As montanhas enormes e pinheiros cobertos de neve, os rios congelados, a neve caindo… Eu tinha a impressao de que aquilo não era real. A adrenalina de estar numa estrada perigosa, num lugar desconhecido, com aquela paisagem incrível e com o tanque na reserva nos manteve alertas durante todo o caminho rumo a Jasper. Em certas partes da estrada não conseguiamos andar a mais de 40km por hora. Estava nevando, a pista estava coberta de gelo e não conheciamos nada daquela região. Não sabíamos que o GPS/celular não funcionaria nem que não havia posto de gasolina, por exemplo. O que nos deixou com o tanque na reserva e o coração na mão enquanto estávamos na estrada sem saber o quanto faltava para chegar.

Com muita dor no estomago (é o que acontece quando fico nervosa) chegamos em Jasper aliviados e felizes e fomos direto buscar o posto de gasolina mais próximo. Ufa. Respirando aliviados e com o Google Maps funcionando novamente nos dirigimos ao hotel para largar as coisas e jantar. O hotel onde ficamos se chama Astoria, é uma acomodação bem simples localizada no centro da cidade. Eu escolhi o hotel mais barato que tinha para aquele final de semana :) astoria-hotel-jasper A janta foi em um restaurante iltaliano (Miss Italia Ristorante) e o pão foi o destaque da noite. SIM, O PÃO. Porque não era um pão qualquer, era um pão francês, coisa que a gente não comia desde quando chegamos no Canada (há mais de 8 meses). O bife a parmegiana era divino e o pão fez valer toda a estrada até Jasper. Jasper é uma pequena cidade cercada por montanhas localizada ao norte de Banff. jasper-ab Entre os pontos turísticos da cidade estão o Maligne Canyon e o Athabasca Falls. Enfrentamos os -27 e visitamos ambos. No caminho para o Maligne Canyon nos deparamos com isso: jasper-deer Aí paramos o carro para fazer fotos e apreciar a tranquilidade desses cervos comendo na beira da estrada. travel-canada jasper-travel jasper-trip Logo antes de chegar ao Maligne Canyon paramos para apreciar a vista. canada-tripmaligne-canyon E no Maligne Canyon estávamos planejanto dar só uma olhadinha, porque o tempo estava realmente complicado, mas acabamos fazendo toda a trilha que nos leva a uma cachoeira. Aqui está a recompensa final:maligne-canyon-canada Voltando para casa passamos pelo Athabasca Falls e mais uma vez a parada foi mais longa do que o previsto.A -27 grau deixamos o frio de lado e caminhamos mais um pouquinho. A beleza do local é incrível!athabasca-falls-trip athabasca-falls-canada Em dois dias conseguimos explorar bastante e foi uma trip inesquecível. Gostamos tanto que estamos planejando voltar a Jasper quando o inverno for embora pois a paisagem muda totalmente e queremos apreciar tudo de novo com um olhar diferente ;)

Na volta, mais uma paradinha em Banff para um lanche e algumas fotos noturnas para fechar com chave de ouro essa viagem que foi espetacular. banff-canada

0 8646

O! Mudei para o Canadá e vou ficar por pelo menos um ano por aqui. Quem me conhece sabe que sempre sonhei em fazer intercâmbio. Com o término da minha pós-graduação, depois de muitos anos trabalhando e economizando, consegui realizar o meu sonho. Vim acompanhada do meu namorado que também está super feliz com a mudança.

Chegamos aqui no dia 26 de abril. Fomos recebidos com neve em Calgary, a cidade onde escolhemos viver nos próximos meses.

SOBRE A CIDADE ESCOLHIDA

Calgary é uma cidade que tem cerca de 1.150.000 de habitantes. Localizada na província de Alberta, a cidade é conhecida mundialmente por a segunda melhor cidade do Canada para se viver segundo a revista Money Sense (2013). Calgary também está entre as primeiras no ranking mundial da The Telegraph.

Apesar do inverno rigoroso que pode chegar a temperatura de -40, a cidade conta com uma boa estrutura para enfrentar o frio. Independente da estação o clima é bem louco, ou seja, haja saúde! Em um mês, o clima e a paisagem mudou completamente.

Calgary em 26 de Abril de 2014

Calgary em 03 de Maio de 2014

Calgary em 24 de Maio de 2014

Antes de optar por Calgary, pesquisamos muito sobre todas as provícias do Canadá e suas principais cidades. Entre elas, pensamos em ir para Toronto, Vancouver e Winnipeg. Mudamos de ideia diversas vezes e depois de ler muito e buscar por dicas de brasileiros, escolhemos Calgary. Hoje, depois de um mês, podemos dizer que fizemos uma ótima escolha.

O PRIMEIRO MÊS

Chegando em Calgary a espectativa era grande, o que não foi bom. Calgary não é perfeita. O Canadá não é perfeito. Não espere isso de país algum, não existe país perfeito. Aqui tem lixo nas ruas, aqui tem mendigo (e não são poucos), aqui tem gente que não gosta de tomar banho, aqui tem transporte público lotado, assim como tantos outros problemas comuns que encontramos em cidades grandes.

Eu não esperava ver alguém jogando lixo pela janela do onibus, mas eu vi! Muita gente imigrou para o Canadá, mas não se adaptou a cultura do país. O país acolhe o imigrante e é desta forma que ele retribui? Isso me deixa P***. Gente mal educada tem no mundo todo.

Eu não esperava ver tanta gente suja, mas eu vi. Não pense que isso se deve a cultura francesa, porque não é verdade. Aqui você vê muita gente com o cabelo oleoso, fedendo a suvaco e com a roupa extremamente suja. São pessoas das mais diversas raças, cores e gêneros, ou seja, parece ser um hábito de boa parte de quem vive aqui, ou melhor, falta de bons hábitos.

Moramos no primeiro mês numa homestay PERFEITA (a família era maravilhosa, caprichosa, acolhedora e prestativa). Pertinho da nossa homestay tinha um parque enorme e encantador. A vista que tínhamos do parque era esta:

Estamos fazendo um curso de inglês numa pequena escola chamada SOL School. Cheguei aqui no nível upper intermediate. Me virei super bem desde o primeiro momento que coloquei o pé no país, mas não aconselho vir para o Canadá com inglês zero! Na minha opinião, é necessário ter pelo menos o nível básico para que a adaptação seja tranquila. São muitas mudanças ao mesmo tempo e a língua é a maior barreira, por isso pode pesar bastante não conseguir se comunicar.

No fim do primeiro mês, locamos um apartamento e o local estava imundo. Levamos 4 dias para limpar aquela imundice. Antes da limpeza o chão era marrom, depois da limpeza tudo ficou branco. Não estou exagerando. O guri que morava anteriormente no apartamento vivia com a namorada, ambos canadenses.

CANADÁ X BRASIL

Uma grande diferença que encontramos aqui foi a diversidade cultural. Há pessoas do mundo todo! É possível notar isso pelo jeito das pessoas se vestirem, pelas suas feições e, claro, pelos idiomas que ouvimos nas ruas. No começo foi estranho ver colombianos, indianos, coreanos, chineses, japoneses e pessoas das mais diversas nacionalidades no elevador, no restaurante, no mercado… em todo lugar. Agora estamos acostumados e nos sentimos parte dessa diversidade. É bom demais pensar que apesar de todas as diferenças, a grande maioria se respeita e convive em harmonia.

No entanto, a maior diferença que encontramos entre a cidade onde moramos agora e a cidade onde morávamos (Porto Alegre) é a segurança.

A comparação é inevitável e para alguns pode até parecer injusta, afinal cada país tem sua história, sua cultura, sua forma de governar. Sei que muitos vão ler minhas postagens e pedir por comparações, porque é natural querer entender o porquê de tantas diferenças. A minha intenção não é polemizar, todos sabemos quais são os problemas que o Brasil tem enfrentado. A idéia aqui é falar do Canadá, por isso não esperem por muitas comparações. Vou contar o que vejo e vivo por aqui e vocês que façam suas próprias interpretações. Ok? ;)

Até então fomos tratados super bem por aqui. Apesar dos problemas que o Brasil tem,  o pessoal sabe muito sobre nossos pontos fortes e nossas qualidades e não sabem quase nada sobre as dificuldades. A verdade é que o marketing internacional que o Brasil faz funciona (turismo, carnaval, belezas naturais, futebol, sexo, etc) e nós brasileiros conseguimos arrancar sorrisos das pessoas quando falamos da nossa origem.

Nos próximos dias vou relatar um pouco mais sobre as experiências que estamos tendo aqui e trazer mais fotos e vídeos para compartilhar com vocês!

Como acabamos de mudar para Downtown, no próximo post vou contar mais sobre a mudança e mostrar o centro da cidade. Aqui vai uma prévia:

Beijos!

STAY CONNECTED